País deve reduzir consumo de sódio pela população até o ano de 2020

Cada brasileiro consome cerca de 12 gramas de sal por dia.
A OMS recomenda que esse consumo não ultrapasse os cinco gramas.

Empresas do setor de alimentação, ONGs e o conselho de regulamentação publicitária uniram-se para reduzir o consumo de sódio nos alimentos e combater a obesidade infantil.

O molho de tomate pronto tem quase seis miligramas de sódio, a mostarda pouco mais de 150 e o tempero pronto para usar no arroz branco tem 1.652 miligramas de sódio.

Cada brasileiro consome cerca de 12 gramas de sal por dia. A Organização Mundial de Saúde recomenda que esse consumo não ultrapasse os cinco gramas. Para diminuir o sódio na comida, a indústria alimentícia firmou um acordo com o Ministério da Saúde.

"O sódio nós temos um projeto que vai até 2016 que deverá ter uma redução. Tentar chegar mais próximo até no máximo 2020, que é a data limite dada pela ONU, pela Organização Mundial da Saúde, para reduzir o consumo de sódio no Brasil", explica Edmundo Klotz, presidente da Associação Brasileira das Indústrias da Alimentação.

O aumento da obesidade infantil também preocupa. Um terço das crianças do mundo entre seis a nove anos é obesa.

May Catherine Toker, vice-presidente de uma ONG mantida por 11 das maiores empresas alimentícias do mundo, diz que as industrias estão preocupadas com essa questão. "Nós queremos ter certeza que estamos fornecendo produtos que atendam as necessidades dos pais como preço, sabor e conveniência, mas também que atendam à saúde e às necessidades nutricionais".

Outro cuidado é com a publicidade de alimentos para crianças em programas infantis. Desde 2006 esse tipo de merchandising é proibido no Brasil.

Segundo o Conar, Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária, o país adota um dos padrões mais rigorosos do mundo quando se trata de publicidade infantil. "A criança é um ser em formação. Nós da autoregulamentação, nós que estamos testemunhando a evolução da sociedade brasileira, sabemos que a criança merece uma proteção especial em relação aos demais publico alvo da sociedade", diz Edney Narchi, vice-presidente executivo do Conar.

Fonte: Jornal da Globo

Helifer - Logo

Endereço

Rua Avelino Paranho, 300, Vila Talarico
CEP 03533-010 - São Paulo - SP
Telefone: (11) 2783-6828

Helifer - Logo

Endereço

Rua Avelino Paranho, 300, Vila Talarico
CEP 03533-010 - São Paulo - SP
Telefone: (11) 2783-6828